Saturday, 17 December 2011

exercício de me tornar pessoa

não sou nada
nunca serei nada
não posso querer ser nada
À parte isso, tenho em mim todos os sonhos do mundo


eu queria abrir um janela, uma janela ou abrir o chão
digo
abrir uma janela no chão que eu piso
aí, numa queda vagorosa
ir cantando bem baixinho em verso, poesia e prosa
tudo que fosse conhecendo
tudo que eu fosse descobrindo

como sou eu como pessoa?

1 comment:

  1. Que bom, sua pessoa faz falta por aqui.

    ReplyDelete