Sunday, 2 May 2010

um, um, dois, um

maria gostava de amar
amava sem se preocupar
geraldo virou comandante
da décima quinta vila militar
de santa cruz dos montes
enquanto maria chorava
geraldo rangia os dentes
da sua metralhadora
maria engolia lorotas
geraldo polia suas botas
pao quente, manteiga derretida
a vida passa e a gente nem sente

2 comments:

  1. Desenvolve mais um pouco! Está bonito, gosto da narrativa e da idéia- mas voce podia desenrolar o novelo. Ia ficar uma música linda tambem essa daí. um beijo.

    ReplyDelete
  2. Anita, tem outras partes sim. mas tenho idéia alguma donde coloquei o papel com os escrivinhados. se um dia eu achar coloco aqui e te aviso ;) bjo!

    ReplyDelete