Wednesday, 5 May 2010

acorde menor

sou um poetinha menor, um zé de idéias, ponta sem nó
desenrolo uma estória, pinto falésias e tenho receio de morrer só
sou um poetinha, encanador de palavras- rio deitado fora do leito
lavrador das riminhas- nelas cabem muitos mundos, muitos zés de muitos feitos
sou um poetinha menor, aparafusador de letras
uma letra agarrada na outra traz sentido em si
eu agarrado nas letras, faz sentido em mim
um poetinha que vê nas frases o mundo que dança lá fora
é preciso olhar e se perder naquilo que se vê
como sou um poetinha menor, caibo
caibo sempre em qualquer palavra
palelatravra lepatralavra

4 comments:

  1. NOSSA! UM DOS MEUS PREFERIDOS =) UM BEIJO DESTA OUTRA APARAFUSADORA DE PALAVRAS!

    ReplyDelete
  2. hey...
    saudades.
    gostoso isso aqui, biba!!!
    besitos
    lili

    ReplyDelete
  3. É muito bom!
    Beijo!
    Augusto

    ReplyDelete
  4. obrigada augusto. quero ler coisas suas (fora o livro). tem um blog? beijo.

    ReplyDelete