Thursday, 23 July 2009

Mente sã

eu nasci e fui criada na zona oeste do rio de janeiro
de pequena comi muita goiaba, matei muita cobra com paulada na cabeça e vi seus rabinhos mesmo quando cortados pularem pelo chão de terra e mato crescido
tinha muito pé de tomate selvagem- sempre pequenos e verdes
galinha pintada de branco e preto adentrava o portão sem tranca
minha casa não conhecia chave, nem eu que andava por ai sem eira e nem beira, sem nada nas mãos, sem bolsa ou mochila, sem chave, sem medo
guerra de mamonas, ploc monster na birosca da esquina da segunda rua era modernidade, corrida atrás de balão, bicicleta rio a cima e em velocidade alucinante ladeira abaixo, dente e braço e queixo e cabeça quebrada, mas corpo são
corpo são

2 comments:

  1. Apesar de uma infância um pouco diferente, achei delicioso o sabor nostalgico do texto: "ploc monster na birosca da esquina..." foi demais.

    ReplyDelete
  2. querida, que gostoso é relembrar, ainda mais através de suas palavras.
    um beijo

    ReplyDelete